Obrigado pelo envio!

  • Miguel Duque Camacho

Um milagre chamado Noah!

Atualizado: Jun 20

A mão de Deus existe mesmo!

Este artigo conta-nos uma daquelas histórias da vida real que acabam como a magia de um filme de Hollywood.

A expectativa é provavelmente o sentimento que mais dissabores e desilusões traz na nossa vida.

Quem nunca esqueceu de uma porta ou uma janela aberta em casa?

Quem nunca deixou uma criança brincando no pátio da casa, enquanto faz alguma coisa dentro de casa?


Em Junho de 2021, um casal viveu 35 horas de desespero e angústia.

O seu filho Noah, de apenas 2 anos e meio, acordou entre as 5 e as 8 da manhã, levantou-se e encontrou a porta destrancada.


Abriu-a e foi à procura do pai que tinha saído para trabalhar.


Começou caminhando, e na sua inocência, quanto mais caminhava mais esperança tinha de encontrar o pai algures.


Seus pais, haviam-se mudado em 2017, da grande cidade de Lisboa para uma vila de Proença-a-Nova, em Portugal para cumprir o sonho de fazer crescer os seus filhos no campo e na natureza.

Mas a natureza, fez o pequeno Noah deslumbrar-se e perder-se.


A Guarda Nacional iniciou um perímetro de buscas exaustivas.

127 elementos, entre GNR, bombeiros, proteção civil municipal, sapadores florestais e voluntários, com apoio de equipas cinotécnicas e drones, começaram as buscas.

Mergulhadores, temendo o pior, começaram a verificar poços e linhas de água.

O pequeno Noah, com apenas 2 anos e meio não tem noção do perigo de um riacho ou de um poço.


As equipas encontraram primeiramente pegadas do menino e da cadela que o terá acompanhado durante as primeiras horas, bem como uma camisola.

Mais tarde encontraram uns calções, uma bota e uma fralda.


Onde estaria Noah?

Estaria ele ainda vivo?


Noah já tinha passado o dia todo perdido na natureza, e quando veio a noite, tornou-se impossível continuar as buscas.

Logo pela manhã do segundo dia, voltou o esforço das equipas em procurar o Noah.

Passou-se um segundo dia de buscas e mais nenhum sinal dele.


Quando o sol estava pronto a se pôr, e temia-se que, se ainda o pequeno Noah estivesse vivo, passaria mais uma noite ao relento, eis que a 4 quilómetros de casa, uns voluntários pelas 20h00, viram os raios do pôr do sol a brilhar sobre algo, como se um anjo lhes aparecesse ao longe.


Não era um anjo, era o Noah! E o brilho era a sua pele nua que brilhava com o sol!


Ao receber a notícia, os pais não conseguiram conter um grito interno que apagou o desespero no seu interior!


Não há suspeitas de crime ou rapto por parte das autoridades de investigação e todos dizem que se trata de um milagre.

Muitos especialistas em desaparecimentos deste tipo, dizem que se trata da mão de Deus.


Noah, esteve desaparecido durante mais de 35 horas, em Proença-a-Velha, e foi encontrado a quatro quilómetros de casa, numa zona de mato perto de Melinde.


Esta é a história de um milagre chamado Noah.


O menino que foi guiado pela mão de Deus, e que apesar de passar a noite ao relento e no mato, não sofreu ferimentos graves nem nenhuma doença respiratória.


Sem dúvida, a palavra que me advém para fechar este artigo é:




ALELUIA!








Grande abraço


Miguel Duque Camacho

Se gostou deste artigo, partilhe e siga-nos nas redes sociais.

Registe-se aqui no site para receber todos os novos artigos.

#noah #ummilagre #ummilagrechamadonoah #maodedeus #proencaavelha #miguelduquecamacho #blog #infungivel #infungivell