• Miguel Duque Camacho

“A engraçada história do homem barbudo que fugiu da morte”

Atualizado: 27 de Nov de 2020

Sem dúvida alguma, a todos nós foi dado um determinado tempo de vida.

Uns tentam em vão, adiar o inevitável a que todos nós estamos destinados.

Esta é a engraçada história de um homem barbudo que fugiu da morte.

Era uma vez um homem que tinha tudo muito bem controlado na sua vida.

Era imensamente organizado no seu tempo e se alguém tentasse alterar a sua agenda e/ou compromissos, ele simplesmente não aceitava de jeito nenhum.

Tinha alarme no seu smartphone para tudo. Para as suas rotinas, para a hora de levantar, de deitar, de comer, de ver tv, e trabalhava imenso só para ter o prazer de ter dinheiro, não fosse acontecer algum imprevisto.


Conhece alguém assim?

Talvez você que está lendo este artigo é uma dessas pessoas.

Se você não é assim, partilhe este artigo com os seus amigos que são assim!


Um dia, a “morte” veio falar com ele e disse:

“Dia 24 às 21h00, eu venho-te buscar, estejas onde estiveres.”

O homem barbudo ficou preocupado, não porque iria morrer nesse dia, mas porque nesse dia e nessa hora aconteceria um jogo demasiado importante do seu clube e que ele não queria faltar de jeito nenhum!

Chegou ao dia 24 e ao preparar-se para ir ao jogo do seu clube que começava às 20h30, decidiu tentar enganar a “morte”.

Tirou a barba grande e rapou a cabeça, ficando completamente careca.

Colocou a roupa do seu clube e foi para o Estádio.


Começou o jogo, e o seu clube nos primeiros 30 minutos, já vencia por 2-0 a uma grande equipa europeia.

O estádio estava cheio, a multidão gritava e estava eufórica.

O homem, outrora barbudo, olhou para relógio e viu que eram exatamente 21h00.

Olhou em volta para ver se avistava a “morte” e viu-a ao longe se aproximando.

Ele gritava mais alto ainda, para poder misturar-se com a multidão e assim a “morte” não o reconhecer.

A “morte” procurava, e olhava em todas as direções, olhava para longe e não via sinal algum do homem barbudo.

A “morte” foi andando pelo estádio e parou mesmo ao lado do careca que antes era barbudo.

Ele saltava e gritava mais ainda, não só porque o seu clube vencia mas também porque a “morte” não o tinha reconhecido.

Dizia para si mesmo: “Consegui fugir da morte!”


De repente, a “morte” pôs a mão sobre o careca, que antes era barbudo e disse:

“Já que não encontro o barbudo, vou levar este careca comigo!”


Esta história engraçada, ilustra bem o estilo de vida que muitas pessoas vivem e a maneira que elas pensam.

Elas acham-se donas da vida e do tempo.

Fazem planos como se fossem viver para sempre nesta terra.

Agarram-se às coisas materiais, tornam-se egoístas, avarentas e intolerantes.


Ignoram que a nós está destinado viver e morrer uma só vez.

Que tudo o que angariarmos aqui na terra, na terra ficará.


Na Bíblia, existe um livro escrito pelo Rei Salomão.

Ele foi um dos homens mais sábios do seu tempo e escreveu em Eclesiastes 5:18:


“Assim, descobri que, para o homem, o melhor e o que mais vale a pena é comer, beber e desfrutar o resultado de todo o esforço que se faz debaixo do sol durante os poucos dias de vida que Deus lhe dá, pois essa é a sua recompensa.”


Ao invés de andar tentando dominar tudo e todos, decida desfrutar da vida, comendo, bebendo, porém evitando sempre que possível o álcool e os vícios.

Não seja escravo da vida, do trabalho, mas desfrute de tudo o que você tem conquistado.

Desfrute da sua vida, da sua família, das suas conquistas, e da graça e do amor que Deus lhe entrega a cada manhã.


Um dia a “morte” também virá à sua procura. Seja você barbudo ou careca, esteja você num estádio ou em casa, seja você negro ou branco, “ela” virá certamente.

Nesse dia, não se esconda, até porque ninguém pode fugir dela, mas dê a mão à “morte” e parta feliz de volta ao Criador, sentindo-se realizado por tudo o que fez, pelo quanto amou, viveu, perdoou e se arrependeu.


Seja feliz e faça outros felizes.

Ame, ame-se e deixe-se ser amado.

Acredite, a nossa vida aqui na Terra é só um momento de transição para algo maior.




@miguelduquecamacho


Se gostou deste artigo, partilhe e siga-nos nas redes sociais.

Registe-se aqui no site para receber todos os novos artigos.

#homembarbudo #fugirdamorte #morte #homem #vida #miguelduquecamacho #blog #infungivel #infungivell

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • White Twitter Icon

© 2020 Infungível.