• Miguel Duque Camacho

Oh gentinha! Apoiem quem tem covid!

Estamos vivendo tempos difíceis e é momento de mostrarmos o melhor e não o pior que há no ser humano.

Como se já não fosse suficientemente grave ficar infetado com a covid-19, as pessoas infetadas ainda têm que levar com a censura dos outros e serem tratadas como pessoas com lepra nos tempos bíblicos, em que eram colocadas fora das cidades, à margem da sociedade, sem qualquer tipo de comunicação.


Falta compaixão nas pessoas


Vivemos em países que são maioritariamente cristãos e onde aos Domingos as igrejas enchem-se de crentes e fiéis. Surpreende-me a falta de compaixão que todos aprendemos de Cristo, em relação aos que têm contraído covid.


O tempo de Covid deveria ser para você e eu pormos a parábola do bom samaritano em prática!


Jesus Cristo contou essa parábola acerca de um homem que descia de Jerusalém para Jericó e que foi assaltado e deixado quase morto no chão.

Passou um representante da religião e não ajudou; passou um representante da lei e não ajudou.

Um samaritano, pertencente a um povo que era repugnado pelos judeus, passou por aquele lugar e estendeu a mão àquele homem que estava em necessidade.


O que mais me admira neste homem samaritano é que ele não se preocupou em enfrentar o perigo de ser assaltado pelos ladrões que haviam feito a mesma coisa àquele homem.

Tão pouco pôs-se a julgar o homem porque passou por aquele lugar perigoso, àquela hora e sozinho?


Pessoas que infelizmente estão contraindo covid-19 e ainda têm que se sujeitar a ser julgados pela sociedade por irresponsabilidade.

Alguns certamente são irresponsáveis. Mas muitos não!


Segundo um estudo recente em Portugal, 68% dos casos de covid são transmitidos em meio familiar.

Você que vive julgando quem é infetado…

Vai-me dizer que vive dentro de sua casa com máscara e dorme de máscara para não apanhar a covid?

Quem garante que os seus filhos, a sua mulher, o seu marido, seus pais, seus irmãos ou quem quer que seja que você vive não está infetado com covid-19?

Ou até aquele amigo/amiga com quem você vai ao café?

Vai chamar de irresponsável a você próprio também?


Na história do bom samaritano, Jesus falou que aquele homem bom, colocou o que tinha à disposição daquele homem ferido, colocou-o sobre o seu jumento e caminhou a pé até a um lugar seguro.


Se você conhece pessoas que estão com covid, seja um bom samaritano e disponibilize-se para ajudar, levar comida ou tratar de alguma coisa que eles precisem.


Os cobardes são exímios em julgar o que não sabem, porém os valentes prontificam-se sempre para fazer algo.

Se você não conhece ninguém que esteja com covid, simplesmente fique no seu canto, e não vá para as redes sociais dizer disparates e falar do que não sabe.

É que além da pandemia de covid-19, agora temos que lidar com a pandemia da fofoquice e da palermice!


É que chega-se ao ponto das pessoas quererem saber quem foi, como foi, onde foi que a pessoa que está infetada ou que morreu de covid l-19 foi infetada.

Para quê lhe interessa isso?!


Esta pandemia tem tido a capacidade de promover o melhor de nós como humanos, mas infelizmente também tem conseguido mostrar o pior das pessoas.


O mundo precisa de compaixão!

Compaixão não é ter pena do outro, mas sim colocar-se no lugar do outro.

É sentirmos o que os outros estão sentido, sentir o que estão passando.

O mundo precisa do nosso melhor neste momento, da nossa compaixão e do nosso amor neste tempo difícil!


A compaixão e o amor devem ser a alma do ser humano.


Ajude mais e critique menos!

Olhe à sua volta e ajude quem está precisando de ajuda!

Seja humano! Seja racional!

Seja um samaritano!




@miguelduquecamacho


Se gostou deste artigo, partilhe e siga-nos nas redes sociais.

Registe-se aqui no site para receber todos os novos artigos.

#covid #ajuda #ajudem #vamosajudar #bomsamaritano #sejahumano #miguelduquecamacho #blog #infungivel #infungivell

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram
  • White Twitter Icon

© 2020 Infungível.